TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner


Defensor do Haras Phillipson agigantou-se na

prova mais importante do Turfe Sul-Americano

Sábado, dia 14, o Hipódromo argentino de San Isidro foi o cenário da disputa do tradicional Gran Prêmio Internacional Carlos Pellegrini (G.I – cerca de R$ 1.036.000,00, sendo R$ 515.500,00 ao dono do animal ganhador) – para animais de 3 anos e mais idade. Quem levou a melhor nos 2.400 metros, em pista de grama leve, desta renomada competição foi o craque brasileiro NÃO DÁ MAIS (Macho, Castanho, 3 anos, de São Paulo – T.H.Approval e Espetacular por Pitu da Guanabara), criado por seu proprietário, o agora bicampeão Haras Phillipson – repetindo o feito de 2012, com Going Somewhere (2009.BRA.Sulamani).

Dirigido de maneira magistral pelo experiente Carlos Lavor, o Derbywinner paulista de 2019 assumiu a dianteira no momento da partida, ditando o ritmo da competição. Exibindo a valentia que lhe deu três títulos de Grupo I em solo brasileiro –respectivamente os Grandes Prêmios Juliano Martins, J.Adhemar de Almeida Prado e Derby Paulista –, NÃO DÁ MAIS resistiu aos ataques que sofreu na reta de chegada, ultrapassando o espelho com pouco menos de 1 corpo de vantagem sobre o favorito Miriñaque (3.ARG.Hurricane Cat), montaria de Francisco Leandro. O eficiente Pure Nelson (5.ARG.Mount Nelson), com o Recordista Mundial de Vitórias, Jorge Ricardo, em seu dorso, cruzou o disco na terceira colocação. Imperador (3.ARG.Treasure Beach) finalizou em quarto, com Tetaze (3.ARG.Equal Stripes) no quinto posto. Depois, terminaram: Emiterio (ARG), Es Sicario (ARG), Joy Canela (ARG), George Washington (BRA), Global Poderoso (ARG), Fantasioso (ARG), Islandio (ARG), Four Talent (ARG), Little Vicky (URU), Bonifacio Rye (ARG), Solo Un Momento (ARG), Fromm (ARG), Agassi (BRA), Soy Tormentoso (ARG), Milione (ARG), Australis Cheeky (ARG), Alampur (ARG) e Rishikesh (ARG). Dancing Again (ARG) não competiu.

Impecavelmente preparado pelo mestre Afonso Florio Barbosa, o craque NÃO DÁ MAIS, que, com esta vitória, classificou-se para a disputa da importante Breeders´Cup Turf 2020 (G.I) – programada para o dia 7 de Novembro de 2020 no Hipódromo de Keeneland, no estado americano do Kentucky –, travou os cronômetros na boa marca de 2m24s96s.

FOTO: Karol Loureiro

Em exibição perfeita, NÃO DÁ MAIS levou o Brasil ao lugar mais alto do pódio!


 Veja como foi a vitória de NÃO DÁ MAIS no

Gran Prêmio Internacional Carlos Pellegrini 2019 (G.I)


 

Pensionista de Dulcino Guignoni (CT) brilhou

intensamente entre as fêmeas nos 2.400 metros

A talentosa égua LITTLE BAD GIRL (Fêmea, Castanha, 4 anos, de São Paulo – Agnes Gold e Wild Moon por Wild Event), criada por seu proprietário, o Haras Figueira do Lago, conquistou, pelo segundo ano consecutivo, o troféu do Grande Prêmio Oswaldo Aranha (Grupo II – R$ 40.000,00 + valor “ADDED”, de R$ 13.636,37, ao dono da vencedora) – para fêmeas de 3 anos e mais idade –, que teve sua edição 2019 realizada Domingo, dia 8, no percurso de 2.400 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo da Gávea.

Precisamente guiada por Vagner Borges, a descendente de Agnes Gold, após acompanhar o princípio da carreira em sétimo, avançou com firmeza, nos 300 metros finais, para obter o quarto êxito nobre de sua campanha. Com estilo, LITTLE BAD GIRL livrou 1 corpo e meio de vantagem sobre a preferida dos apostadores, Perigoosa (4.Public Purse), de animadora performance. A bela Be Better (4.Agnes Gold) terminou próxima na terceira posição. Kassie´s Angel (4.Agnes Gold) finalizou em quarto, deixando Per-Piacere (5.Plenty Of Kicks) no complemento do placar remunerado. Logo após, chegaram: Kate Flying, Hanna Gold, Energia Espacial e Human Nature.

A agora bicampeã, LITTLE BAD GIRL, brilhantemente preparada pelo mestre Dulcino Guigoni (CT), travou os cronômetros na marca de 2m32s02s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

LITTLE BAD GIRL foi superior pelo segundo ano consecutivo


 

Publicidade

Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner
Banner
ZooBIO.pt

Banner
Banner