TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


PORTO ALEGRE. Recente vencedor do Grande Prêmio Derby Riograndense (L.), o talentoso potro gaúcho Emix Wild (3.Wild Event e Remix por Lode), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do “Turfman” Alberto J.Tiellet Miorim, voltou a mostrar que é um fundista diferenciado ao brilhar na edição 2017 do Clássico Almirante Marquês de Tamandaré (R$ 4.000,00) – para animais de 3 anos e mais idade –, que aconteceu Sexta-feira, dia 16, no percurso de 2.000 metros, em raia macia, do Hipódromo do Cristal.

Muito bem dirigido pelo enérgico Lucas Conceição, o neto de Lode, após acompanhar o início da competição do pelotão intermediário, foi em busca de sua segunda conquista nobre na reta de chegada. Em atropelada comprida, Emix Wild atingiu seu objetivo somente pouco antes do espelho, superando seus sete rivais por pouco menos de 1 corpo de vantagem. O ligeiro For Them (3.Bonapartiste), que liderou boa parte da competição, ficou com o vice-campeonato. Afastado, o atropelador Baita Alegria (4.Pounced) ultrapassou o espelho no terceiro lugar. Balaco (4.Novellista) chegou em quarto, com Grenadier (3.Red Rock Canyon) na quinta posição. A seguir, chegaram: Jovem D´Alessandro (bastante apostado, deixou a desejar), Egocentric e Energia Ink (algo houve).

Forte candidato ao sucesso nas principais provas clássicas do segundo semestre no Rio Grande do Sul, o vitorioso, Emix Wild, recebe o qualificado treinamento de Alcione F.Chaves. 2m12s3/10s foi o tempo da competição.

Você tem uma nova e moderna plataforma para apostar em corridas de cavalo! Chegou SUAPOSTA®! CLIQUE AQUI para se cadastrar e apostar nos maiores Hipódromos do Mundo, de qualquer lugar e em qualquer horário. Aproveite!

FOTO: Agência Preview – Jockey Club do Rio Grande do Sul

EMIX WILD foi superior no Comparação de Machos


 

PORTO ALEGRE. Sem dar chances às suas sete adversárias, a preciosa corredora gaúcha Desejada Naka (4.First American e Nakarova por Thunder Gulch), de criação do Stud Alvarenga e propriedade da COUDELARIA F.B.L., dominou a edição 2017 do Clássico Duque de Caxias (R$ 4.000,00) – para éguas de 3 anos e mais idade, sendo o Comparação de Fêmeas –, um dos destaques da programação de Sexta-feira, 16 de Junho, no Hipódromo do Cristal.

Seguramente guiada pelo hábil Lucas Conceição, a bela descendente de First American foi para a dianteira momentos após a largada, conseguindo ditar o ritmo da competição. Mantendo sempre boa folga na liderança, Desejada Naka não chegou a ser ameaçada em momento algum, cruzando o disco com confortáveis 4 corpos de vantagem sobre a também gaúcha Amada Alada (4.Mensageiro Alado), que, semanas antes, a havia superado no Grande Prêmio Diana (L.). A eficiente Dark Force (4.Public Purse) cruzou o disco no terceiro lugar. Puro Êxtase (4.Wild Event) chegou em quarto, com Janglin (4.Cape Town) na quinta posição. Depois, finalizaram: Galop Sweet, Entre Beijos, Just Havin´Fun (não gostou do aumento da distância) e Jazz Fantasy.

Carinhosamente preparada pelo cuidadoso Adriano Soares, a vencedora, Desejada Naka, que brilhou pela segunda vez na esfera nobre, gastou 2m13s2/10s para percorrer os dois quilômetros arenosos, em raia macia, do Jockey Club do Rio Grande do Sul.

Você tem uma nova e moderna plataforma para apostar em corridas de cavalo! Chegou SUAPOSTA®! CLIQUE AQUI para se cadastrar e apostar nos maiores Hipódromos do Mundo, de qualquer lugar e em qualquer horário. Aproveite!

FOTO: Agência Preview – Jockey Club do Rio Grande do Sul

 

DESEJADA NAKA: Máxima qualidade da partida à chegada


 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner

Banner
Banner